Estudantes brasileiros são premiados na maior competição pré-universitária de ciências do mundo

Pelo segundo ano consecutivo as mulheres dominam a Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel

SÃO PAULO –  A Intel Foundation premiou três projetos brasileiros na maior feira pré-universitária de ciências do mundo, a Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel (Intel ISEF), um programa da Society for Science & the Public. Ivan Lavander Ferreira, 18, de São Paulo (SP), Rafael Telis Gazzin Pessoa, 16, de Belo Horizonte (MG) e Felipe Gabriel Kuhn Soares, 18, de Novo Hamburgo (RS), foram premiados nas categorias específicas em que concorriam.

Os estudantes Felipe Seabra Fernandes, 17,  Ana Claudia Cassanti, 17 e  Ana Clara Cassanti, 17, de São Paulo, também receberam uma premiação especial do Instituto de Tecnologia de Illinois, pelo trabalho de conscientização ambiental.

Eles  foram selecionados entre os 1.563 jovens cientistas de 56 países, regiões e territórios pelo compromisso com a inovação e a ciência e receberam prêmios que variam de US$ 500 a US$ 1.500.

  • Ivan Lavander Ferreira, 18, isolou substâncias presentes em ovos de aranha  que podem  ser usadas na produção de antibióticos. Ele ficou em segundo lugar na categoria e ganhou um prêmio de U$1.500. O estudante também recebeu o prêmio de quarto lugar dado pela Sociedade Americana de Microbiologia, no valor de U$ 500.
  • Rafael Telis Gazzin Pessoa, 16, desenvolveu um motor ecologicamente correto para aviões supersônicos, abastecido com biocombustível e possui engenharia de fabricação e manutenção de baixo custo. Motor a reação por compressão através de ondas de choque e aceleração autônoma. Ele foi premiado em terceiro lugar na categoria e recebeu um prêmio de U$ 1.000.
  • Felipe Gabriel Kuhn Soares, 18, elaborou um detector de pré-ignição e levou o prêmio de quarto lugar na categoria, recebendo o valor de U$ 500.
  • Os estudantes Felipe Seabra Fernandes, 17,  Ana Claudia Cassanti, 17 e  Ana Clara Cassanti, 17, foram os primeiros colocados no prêmio especial do do Instituto de Tecnologia de Illinois por excelência em Ciência social e comportamental. Eles desenvolveram uma metodologia de educação ambiental e coordenaram palestras e atividades criativas sobre o tema educação ambiental – como plantio de árvores e recolhimento de lixo e receberam U$ 1.500.

“O verdadeiro objetivo da Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel é aumentar o reconhecimento às conquistas da nova geração em exercícios acadêmicos de aprendizado”, declarou o Chairman da Intel, Craig Barrett. “Espero que mais jovens vejam esses estudantes e percebam que eles podem ser reconhecidos por usarem o cérebro. Você não precisa ser um centroavante, um jogador de basquete ou de baseball para ser reconhecido por seus amigos e pelo público”.

Além das premiações por categorias, três jovens garotas foram as  principais vencedoras das bolsas de estudo no valor de USD 50.000. Mais de 500 participantes da Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel receberam bolsas de estudos e prêmios por seus trabalhos inovadores.

A Intel premiou 19 vencedores entre os “Melhores da Categoria”, com cada um recebendo uma bolsa de estudos da Intel no valor de USD 5.000 e um notebook novo, equipado com o processador Intel® Core™2 Duo. A Intel também premiou com USD 1000 as escolas dos 19 vencedores entre os “Melhores da Categoria” e a Feira Afiliada à Intel ISEF que eles representam. Para mais informações sobre cada um desses e outros vencedores, visite www.intel.com/pressroom/kits/events/isef2009.

O compromisso da Intel com a educação vai muito além desse programa. Apenas ao longo da última década, a empresa investiu mais de USD 1 bilhão e seus funcionários doaram mais de 2,5 milhões de horas de trabalho voluntário para melhorar a educação em 50 países. Para aprender mais sobre a Iniciativa de Educação da Intel, visite www.intel.com/education.

A Society for Science & the Public (SSP), uma organização sem fins lucrativos dedicada ao engajamento público em pesquisas científicas e educação, possui os direitos e administra a Feira Internacional de Ciências e Engenharia desde o seu início em 1950. Elizabeth Marincola, presidente da Society for Science & the Public declarou: “O trabalho desses talentosos estudantes e dos outros finalistas da Intel ISEF inspira todos nós com tanta dedicação às pesquisas. Comemoramos a paixão e as grandes conquistas de Li, Olívia e Tara. Somos encorajados pela inteligência, imaginação e profundidade do trabalho delas e pela esperança que eles nos dão para o futuro do nosso planeta e da nossa sociedade”.

Os finalistas são selecionados todos os anos nas mais de 550 Feiras Internacionais de Ciências e Engenharia afiliadas em todo o mundo. Seus projetos são julgados no local por mais de 900 juízes de praticamente todas as disciplinas científicas, praticamente todos com Ph.D. ou o equivalente a 6 anos de experiência profissional relacionada a uma das disciplinas relacionadas. A lista completa de finalistas está disponível em www.societyforscience.org.

Rodolfo Nakamura
brsmstlr

Anúncios

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: